Página Inicial O Instituto Corpo Docente Milton H. Erickson Parceiros Cadastro Contato
 

Agenda

  • GRUPO DE CRESCIMENTO - Participação gratuita no primeiro encontro! Faça sua inscrição!

    21 de junho de 2017 - Facilitadora: Regina Nohra. Clique e saiba mais.

    [saiba mais]

  • GRUPO DE CRESCIMENTO - Participe gratuitamente do primeiro encontro! Vagas limitadas, inscreva-se já!

    15 de maio de 2017 - Facilitadora: Regina Nohra. Clique e saiba mais.

    [saiba mais]

  • EVENTOS com Regina Nohra em Niterói

    Conheça nossas atividades com Regina Nohra, em Niterói, em maio e junho de 2017

    [saiba mais]

  • LABORATÓRIO DE SENSIBILIDADE DAS EMOÇÕES - Responsabilidade Consciente (Aracaju)

    10 de junho de 2017 - Facilitadora: Regina Nohra

    [saiba mais]

  • CURSO de Auto Hipnose

    20 de maio de 2017 - Facilitador: Raphael Luz

    [saiba mais]

  • GRUPO DE CRESCIMENTO

    15 de maio a 30 de julho de 2017 - Facilitadora: Regina Nohra

    [saiba mais]

  • MEDITAÇÃO ERICKSONIANA (encontros semanais, às terças-feiras)

    04 de abril de 2017 (início) - Facilitadora: Regina Nohra

    [saiba mais]

  • PALESTRA GRATUITA - Empoderamento Feminino

    25 de março de 2017 - Facilitadora: Regina Nohra

    [saiba mais]

  • PALESTRA GRATUITA - Autoliderança & Inteligência Emocional

    11 de março de 2017 - Facilitadora: Rosa Castro

    [saiba mais]

  • PALESTRA GRATUITA - Como criar um futuro irresistível agora?

    16 de fevereiro de 2017 - Facilitadora: Mônica Panasco

    [saiba mais]

  • PALESTRA GRATUITA - Manejo do estresse: Da cabeça quente à mente iluminada

    06 de fevereiro de 2017 - Facilidarores: Juliana Viard e Júlio Cesar Quaresma.

    [saiba mais]

  • LABORATÓRIO DE SENSIBILIDADE DAS EMOÇÕES

    04 de fevereiro de 2017 - Facilitadora: Regina Nohra

    [saiba mais]

  • WORKSHOP - Metas 2017: Transformando sonhos em resultados extraordinários

    07 de janeiro de 2017 - Facilitador: Emerson Pacheco

    [saiba mais]

  • Curso Intensivo de Formação Hipnose Natural: Abordagem de Milton H. Erickson

    Transmitir vida e obra do Dr. Milton H. Erickson, pai da hipnose natural e criador das técnicas Ericksonianas. Difundir os conhecimentos científicos da Hipnose Natural Ericksoniana. Capacitar os alunos para utilizar os princípios técnicos da Hipnose Natural Ericksoniana que é um instrumento eficaz para lidar com as manifestações e sintomas dos pacientes nos tratamentos psicoterápicos, médicos, fisioterápicos e odontológicos. Faça seu cadastro e receba mais informações.

    [saiba mais]

 
 

Mídias Sociais

Facebook
   

Compartilhar

Artigos e Textos

Sentimentos - AMOR & PSIQUÊ (12/2015 - Hipnose)
Dentre todos os sentimentos que o ser humano pode experimentar, o que mais lhe traz benefícios para a mente e o corpo é o amor.
Erickson Antunes

O que é Programação Neurolinguística (9/2014 - Hipnose)
Uma das formas de definir a Programação Neurolinguística é que se trata de uma tecnologia avançada de modelagem, isto é, de aprender rapidamente quais os padrões de excelência de pessoas geniais, os “modelos de sucesso”, e colocar estes padrões de linguagem, a forma de pensar, de se comportar e de sentir dessas pessoas de sucesso à disposição de qualquer pessoa.
Emerson Pacheco

A PNL e o Modelo Milton Erickson (9/2014 - Hipnose)
A programação neurolinguística surgiu na Universidade da Califórnia (EUA) no final dos anos 60 e início dos anos 70 com John Grinder e Richard Bandler. O foco original da PNL foi o estudo dos padrões fundamentais da linguagem e técnicas de três terapeutas renomados e bem-sucedidos: Dr. Milton Erickson (hipnoterapia), Fritz Perls (gestalterapia) e Virginia Satir (terapia familiar sistêmica).
Emerson Pacheco

Alucinações visuais sugeridas dentro e fora de transe (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
Foram administradas sugestões para ver um padrão de escala de cinza como se fosse colorido e um padrão de cores como tons de cinza. As sugestões foram administradas duas vezes, uma vez seguida de indução de hipnose e uma vez sem uma indução. Além de classificar o grau de cor de forma diferente, os participantes também classificaram seus estados de consciência como normal, relaxado, hipnotizado, ou profundamente hipnotizado. Relatos de ser hipnotizado foram limitados a participantes altamente sugestionáveis e apenas após a indução hipnótica tinha sido administrado. Relatos de percepção alterada de cores foram também limitados a alta sugestionabilidade, mas eram praticamente comparáveis independentemente se a hipnose tinha sido induzida.
Giuliana Mazzoni, Elisabetta Rotriquenz, Claudia Carvalho, Manila Vannucci, Kathrine Roberts, Irving Kirsch

A eficácia da hipnose como uma intervenção no trabalho de parto - Uma revisão metodológica abrangente (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
Este artigo apresenta uma revisão metodológica abrangente de pesquisa sobre a eficácia da hipnose para redução da dor do trabalho de parto. Demonstrou-se que hipnose e autohipnose foram consistentemente mais eficazes na redução da dor que o tratamento médico tradicional, aconselhamento de apoio e classes de orientação sobre parto.
Alison S. Landolt, Leonard S. Milling

Hipnose como um modulador da desregulação imune celular durante o estresse agudo (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
Para avaliar a influência de uma intervenção hipnótica sobre a função imune celular durante um evento estressante comum, os autores selecionaram 33 estudantes de medicina e de odontologia com base na susceptibilidade hipnótica. As amostras de sangue iniciais foram obtidas durante um período de tensão mais baixa, e uma segunda amostra foi tirada 3 dias antes do primeiro exame importante do termo. Metade dos participantes foram aleatoriamente designados para treinamento hipnótico/relaxamento no intervalo entre as amostras. Os dados fornecem evidências encorajadoras de que as intervenções podem reduzir a desregulação imunológica associada a fatores de estresse agudo.
Janice K. Kiecolt-Glaser, Phillip T. Marucha, Cathie Atkinson, and Ronald Glaser

Hipnose e Dor - Origem e tradição clínicas (8/2014 - Hipnose)
O presente trabalho tem como objetivo destacar que as relações entre hipnose e dor remontam a uma origem e tradição clínicas que remetem ao universo subjetivo do paradigma ocidental. Criticando a pretensa noção do início de uma hipnose científica, calcada em perspectivas experimentais, o artigo ressalta como noções do universo subjetivo estiveram na origem dessa prática junto ao pensamento de eminentes magnetizadores e hipnólogos. Embora tenham passado por modificações históricas, noções como relação, sujeito, autonomia, imaginação e linguagem estiveram na origem da compreensão da experiência de dor, como também do tratamento oferecido a pessoas que padeciam desse tipo de sofrimento. Desse modo, o artigo é concluído destacando a necessidade de reconhecimento da pertinência dos autores do passado já que boa parte das concepções subjetivas inerentes ao tratamento, tanto quanto a compreensão da dor nos autores atuais, possui um estreito parentesco com as obras anteriores.
Maurício da Silva Neubern

Hipnose em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
O tratamento cirúrgico de doenças da região oral e maxilofacial sob anestesia local é muito comumente restrito a adesão do paciente. Hipnose Médica poderia ser uma alternativa para o tratamento sob sedação farmacológica. Com este método, tanto auto-sugestão e outros procedimentos sugestivos são utilizados para relaxamento, sedação e analgesia do paciente. O objetivo deste trabalho foi verificar se poderia haver qualquer potencial para este tratamento quando operando em pacientes oral e maxilo-facial. Resultados: a hipnose médica acabou por ser um método confiável e padronizável com alta adesão do paciente. Melhorias notáveis em condições de tratamento para o paciente e os cirurgiões foram alcançados em 93% dos casos. Conclusão: Estudos clínicos controlados são agora necessários para obter dados objetivos sobre a eficácia dos efeitos induzidos por hipnose em cirurgia oral e maxilofacial.
Dirk Hermes, Daniel Truebger, Samer George Hakim, Peter Sieg

Hipnose em redução de fratura pediátrica (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
A hipnose pode diminuir a dor e ansiedade para muitos pacientes de emergência durante os exames e procedimentos. Enquanto a hipnose tem sido usada há milênios e demonstrado seu uso na medicina clínica mais de um século atrás, os médicos modernos tem sido relutantes em adotar esta técnica na prática clínica. Este artigo descreve quatro crianças com fraturas no antebraço que não tinham possibilidade de acesso a outras formas de analgesia durante a redução, e no qual a hipnose foi utilizada com sucesso.
Kenneth V. Iserson

Hipnose para tratamento da dor crônica - Uma nova esperança (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
O recente ressurgimento do interesse na hipnose e analgesia hipnótica pode ser alimentado, pelo menos em parte, por uma confluência de três tendências recentes: (1) a clara evidência de que a experiência de dor crônica está intimamente relacionadq com a atividade do sistema nervoso supra-espinhal; (2) pesquisa demonstrando que a hipnose tem efeitos diretos sobre os locais supraespinhais que estão ligados à experiência de dor; e (3) a pesquisa demonstra que o treinamento de auto-hipnose é eficaz para reduzir a severidade da dor crônica. No entanto, a analgesia hipnótica não ajuda todo mundo, nem sempre proporcionam alívio completo da dor. Enquanto o suficiente agora pode ser conhecido por sua eficácia para recomendar que os tratamentos hipnóticos sejam mais disponíveis para os indivíduos com dor crônica que estão interessados nesta abordagem, a pesquisa também é necessária para ajudar a identificar e desenvolver métodos para melhorar a sua eficácia, para que mais pessoas possam obter os benefícios significativos que a hipnose tem para oferecer.
Mark P. Jensen

Sugestão no Tratamento da Depressão (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
As meta-análises consistentemente revelam que a maior parte da resposta ao tratamento com antidepressivos pode ser obtido por placebo, e a diferença entre a resposta ao fármaco e a resposta a qualquer tipo de tratamento não é clinicamente significativa para a maioria dos indivíduos diagnosticados com o transtorno depressivo. Além disso, o melhor preditor de eficácia antidepressiva é a resposta ao placebo durante a chamada placebo rodado no período. Pode também ser demonstrado que uma porção significativa do efeito placebo é a expectativa. Estes dados indicam, portanto, que a sugestão é um fator central no tratamento da depressão. Portanto, o uso de hipnose, que se baseia na sugestão, como um auxiliar de tratamento pode ser utilizado para melhorar o resultado do tratamento.
Irving Kirsch, Carol B. Low

Usos práticos da hipnose clínica para fertilidade, gravidez saudável e parto (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
O artigo identifica usos práticos da hipnose dentro da obstetrícia. Autor e sua equipe ensinaram hipnose clínica em 11 escolas de medicina no Reino Unido.
Ursula James

Utilização da hipnose em anestesia - Experiência em endoscopia digestiva (em francês) (8/2014 - Hipnose)
A hipnosedação representa uma técnica alternativa credível e ética para a realização de colonoscopias longas. A duração do exame é normalmente prolongada, mas a passagem da sala de monitorização pós-intervenção é reduzida e a saída da instalação é acelerada. Finalmente, os pacientes cuja condição requer outra colonoscopia são frequentemente dispostos a reconsiderar a hipnosedação como técnica analgésica.
Philippe Rault

A orientação para o futuro da memória construtiva - Uma perspectiva evolucionária em Hipnose Terapêutica e Psicoterapia Breve (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
Nós exploramos uma nova distinção entre o futuro, o sistema de memória prospectiva sendo investigado em neurociência atual e do passado, sistema de memória retrospectiva, que foi a teoria fundante da hipnose terapêutica, a psicanálise clássica e a psicoterapia. Então foi generalizada a teoria da evolução atual do sono e sonhos, que incide sobre o futuro, o sistema de memória prospectiva, para conceituar uma nova perspectiva evolutiva sobre hipnose terapêutica e psicoterapia breve. E expressão gênica e plasticidade cerebral são a base psicobiológica do comportamento adaptativo, consciência e criatividade na vida cotidiana, bem como psicoterapia. Resumimos um caso que ilustra como esta perspectiva evolutiva pode ser usada para resolver problemas com passado rapidamente procrastinação obstrutiva na escola para facilitar o sucesso acadêmico atual e futuro.
Ernest Rossi

A dissociação de dimensões sensoriais e afetivas da dor, usando modulação hipnótica (em inglês) (8/2014 - Hipnose)
Compreender a natureza complexa da percepção da dor requer a capacidade de analisar separadamente as suas dimensões psicológicas e sua interação, e relacioná-las com variáveis e respostas específicas. O presente estudo, portanto, tenta modular seletivamente as dimensões sensoriais e afetivas da dor, usando uma intervenção cognitiva, e para avaliar a possível relação entre estas dimensões psicológicas da dor e as mudanças nas respostas fisiológicas aos estímulos nocivos.
Pierre Rainville, Benoît Carrier, Robert K. Hofbauer, M. Catherine Bushnell, Gary H. Duncan

 
Cursos